Visualizações de página do mês passado

domingo, 27 de janeiro de 2013

BOM DIA, MAS BOM DIA MESMO!!!

BENDITAS MANDALAS

Mandala é uma palavra que vem do sânscrito - significa círculo. Também possui outros significados, como círculo mágico ou concentração de energia. É o símbolo da totalidade, da integração e da harmonia.

Em várias épocas e culturas, a mandala foi usada como expressão científica, artística e religiosa. Podemos ver mandalas na arte rupestre, na arte sacra, no símbolo chinês do Yin e Yang, nos yantras indianos, nas mandalas e thankas tibetanas, em vitrais e abóbadas das grandes catedrais européias, em porcelanas chinesas e gregas, na arte indígena e rupestre, nas danças circulares, nos rituais de cura e arte indígenas, na alquimia, na magia e nos escritos herméticos.

(...)
A forma mandálica pode ser encontrada em todo lugar, na Terra e no Cosmo: a célula, o embrião, as sementes, o caule das árvores, as flores, os cristais, as conchas, as estrelas, os planetas, o Sol, a Lua, as nebulosas, as galáxias. A própria Terra foi formada por uma explosão de forma mandálica.

(...)
Para que serve a Mandala?
Pode ser utilizada na decoração de ambientes, na arquitetura, ou como instrumento para o desenvolvimento pessoal e espiritual. A mandala pode restabelecer a saúde interior e exterior. Podemos usar uma mandala como terapia para a cura emocional. Também para a cura de ambientes, para contemplação espiritual-religiosa ou para preparar um espaço especial, dedicado à meditação ou sessões de cura.
Muitos templos usam a geometria sagrada e a forma circular em suas construções. Desta forma criam uma aura protetora e especial no lugar. Os budistas construíram as famosas Stupas, que são lugares consagrados à oração. Dentro delas há relíquias de mestres iluminados, orações, pedras especiais e outros apetrechos sagrados. Elas possuem forma mandálica e os seguidores as reverenciam. Também é pratica dentro do budismo a oferenda de mandalas para divindades.

Jung diz: “A mandala possui uma eficácia dupla: conservar a ordem psíquica se ela já existe; restabelecê-la, se desapareceu. Nesse último caso, exerce uma função estimulante e criadora.”
Qualquer pessoa pode trabalhar com mandalas, tanto com a ajuda de um terapeuta, quanto sozinho. Podemos confeccionar e colorir mandalas ou apenas meditar com elas. A mandala irá colocar, de forma sutil, no lugar certo aquilo que se encontra fora de lugar.
Outros benefícios deste trabalho:
- Curar e prevenir o estresse;
- Preservar e organizar a saúde psíquica;
- Aumentar a capacidade de atenção e de concentração;
- Aumentar a capacidade de receptividade;
- Proporcionar harmonia, calma e paz interior;
- Aumentar a criatividade;
- Ampliar a consciência;
- Desenvolver a ligação com o Eu Superior;
- Integrar e harmonizar o lado esquerdo do cérebro (racional) com o lado direito (sensível).
O trabalho com mandalas é uma forma carinhosa de abrir o coração para a criatividade, a intuição e o amor.

Fonte:
http://www.marcelodalla.com/2010/04/benditas-mandalas.html

Um comentário:

Baldoino Soares Badu disse...

Hoje acordei em Shangri-lá com as maritacas me dando um bom dia, o tempo continua nublado, mas com um cheirinho gostoso no ar de mato, ontem choveu por aqui e as plantinhas estão todas vivas e radiantes com o dia que começa, enfim a natureza viva por aqui vibra nos mostrando um mundo melhor.
Agora vamos falar um pouco sobre o nosso bom dia de hoje, sempre fui um pouco místico e muito ligado ao espiritual, não sei se é porque sou aquariano e os aquarianos viajam no tempo a procura de algo que não sei definir, aqui já identifiquei ser meu porto seguro, aproveito agora para passar alguns detalhes, alias quando pisei por aqui pela primeira vez, foi amor a primeira vista, era como se já estivesse passado por aqui em outras vidas, as caracteristas geográficas de Nazaré Paulista de uma beleza impar me pareciam muito familiar e me encantavam, o nome Shangri-lá não foi escolhido por acaso, não sei se os amigos conhecem a historia, ou se viram o filme, uma cidade perdida nas montanhas do Himalaia com prédios de ouro, onde havia uma fonte da juventude e dava a seus habitantes vida eterna, a cidade era por assim dizer um verdadeiro paraíso, não existia as maldades humanas como o ódio, inveja e doenças, enfim por lá tudo estava dentro de uma harmonia impressionante e todos viviam felizes, tirei do filme um épico da cinematografia mundial a seguinte frase "Há momentos na vida de cada homem em que se vislumbra o eterno" mandei gravar em madeira e esta aqui em uma das varandas da chácara, essa frase foi dita por um inglês que esteve por lá devido a um desastre de avião, ficou perdido e foi encontrado juntamente com outros amigos pelos xamãs da cidade, mas tarde ele tenta voltar para sua terra e para a civilização e se perde pelas montanhas, mas algo o guia de volta, ao avistar a cidade do alto das montanhas ai ele fala a frase acima.
Os mantras como as cabalas tem me deixado muito curioso, ontem mesmo aqui em Shangri-lá vendo o desenho de uma das cadeiras fiquei sem saber por quê? Minha mente ficou ligada a aqueles contornos na madeira, são coisas que procuro explicações, fixei no blog alguns mantras "Todos no mesmo Barco tem sido uma constante aqui e o nosso “bom dia, mas bom dia mesmo” repito em uma cadencia vibrante e cheia de muitas emoções energias, o nosso beija-flor outra figura muito significativa e emblemática da nossa luta que tem angariado muito amigos, outra frase de nossa preferência "Quem Sofre tem pressa" tudo isso cria em nossa volta uma energia de forças muito grande e poderossíma. Além de tudo isso tem meu anjinho particular que chamo de harmonia ele me segue a todos os momentos me dando uma sustentação e proteção muito significativa, enfim isso tudo vibra no meu intimo me dando a certeza de dias melhores.
Bons dias para todos nós!