Visualizações de página do mês passado

quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

BOA TARDE AMIGOS DO BLOG - PARABÉNS ABP PELO SEU ANIVERSÁRIO E PELOS 30ANOS DE BONS SERVIÇOS PRESTADOS A COMUNIDADE !!!

Um comentário:

Juliana Dutra disse...

Boa tarde, convivi durante 6 meses com uma pessoa que tem uma mae com mal de parkinson. Fiquei chocada. Foram 6 meses desgastantes com uma pessoa egoista. Hoje consigo enxergar melhor a situacao. Ele dizia que durante 4 anos ficou preso entre o trabalho e o cuidado com a mae. Ate que um dia entrou na justica contra um dos irmaos, que pela historia dele nao cuidava e tambem nao pagava enfermeira. A briga era entre irmaos que queriam se ver livres da situacao. Sim... foram 4 anos que ele nao comprou uma cadeira de rodas para a mae passear na rua, foram 4 anos que ele nao mudou para uma casa com rampa e quintal para a mae poder tomar sol e ver a rua. Enclausurada, esta na dependencia de 3 homens adultos, inconsequentes, que querem so esperar o dia da morte dela para dividir o dinheiro de um apartamento simples. Ele tem dinheiro, porque trabalha, pode alugar uma casa, fazer adptacoes para a vida dela ser melhor, mas so reclama que nao tem tempo para ir no clube, para malhar, para sentar no bar e beber. Meu Deus, que filho que e' esse? que mundo que e' esse que nem os filhos querem tomar conta dos pais? Estou desgastada, e agora que terminamos falei o que eu acho da situacao. Nao acredito que ele va mudar, melhorar a vida da mae. Ele nao tem coracao para isso. Estou triste, me sentindo impotente, e o pior de tudo e' que eu tenho depressao e mesmo sabendo disso ele falava esse monte de maldades na minha cabeca todos os dias.