Visualizações de página do mês passado

quinta-feira, 30 de abril de 2009

IMPORTANTE! LEIA COM ATENÇÃO

Veja no portal da Globo.com o alerta da Febraban:

http://g1.globo.com/Noticias/Economia_Negocios/0,,MUL10779-9356,00.html

"Digitar senha ao contrário não aciona polícia, diz Febraban
Cuidados contra roubos em caixas eletrônicos continuam os mesmos.
Entidade afirma que informação que circula na internet é 'lenda urbana'.

Do G1, em São Paulo
A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) divulgou nota nesta segunda-feira (12) afirmando que é falsa a ''lenda urbana'' divulgada pela internet que afirma que a digitação invertida da senha em caixas eletrônicos envia mensagem à polícia. Segundo a entidade, não existe possibilidade técnica de se realizar tal procedimento.

A Febraban alerta que as recomendações de segurança para quem usa terminais de auto-atendimento continuam as mesmas: manter o corpo próximo do terminal na hora de digitar a senha, usar caixas eletrônicos em locais de grande movimento, preferencialmente em ambientes internos (como shopping centers), e tentar fazer as operações em horário comercial.

Ajuda de estranhos
A entidade afirma que o usuário também deve evitar aceitar a ajuda de estranhos e usar a tecla ''anula'' ou ''cancela'' toda a vez que não concluir uma operação. Em caso de retenção do cartão no caixa automático, o cliente deve tentar recuperá-lo imediatamente, usando telefones de emergência geralmente instalados ao lado das máquinas.

Outra medida de segurança é evitar o saque de grandes valores em dinheiro. Em transações de altos valores, a Febraban recomenda o uso de meios eletrônicos de transferência, como os DOCs."
----
Quem inventa essas "babaquices", com certeza, não tem nada de importante com que se ocupar!
Atenção!
Abraços, *TT

Peixe para o bem do cérebro

Os pescados deixam os neurônios mais astutos e dão uma força à sua memória

por Paula Desgualdo | design Glenda Capdeville | fotos Dercílio

Tem gente que não pode ouvir falar em óleo de fígado de bacalhau. Tudo bem que na vida existem coisas, digamos, mais saborosas. Mas, na maioria dos casos, a má impressão se deve a um trauma de infância, já que mães e avós obrigavam sua prole a mandar goela abaixo umas tantas colheradas do tal suplemento. A justificativa era vaga: “Faz bem”. E engula mais esta: elas estavam certas. Especialmente no que diz respeito à inteligência. Se não conheciam direito esse benefício, hoje a ciência explica.

Fonte : Saúde éVital

Infecção urinária: perguntas e respostas

Especialistas esclarecem as principais dúvidas sobre o assunto

Por Paula Desgualdo

O que é infecção urinária?
Ela é caracterizada pela a presença de micro-organismos na urina. O líquido que enche a bexiga é estéril – ou seja, livre de bactérias. Mas, quando esses bichinhos se multiplicam ao redor da uretra e conseguem se infiltrar no canal da urina até chegar à bexiga, desencadeiam uma infecção. “Em 85 % dos casos, o problema é provocado pela bactéria Escherichia coli, que integra a flora intestinal”, ressalta Fernando Almeida, professor de urologia da Universidade Federal de São Paulo.

Fonte : Saúde éVital

Gene do otimismo

Somos otimistas por causa dos nossos genes ou por que vivemos no país do sol, praia e samba?

Recentemente a revista VEJA fez uma longa reportagem dizendo que genética não é destino. Por outro lado, uma nova pesquisa que acaba de ser publicada na Inglaterra, pela equipe da doutora Elaine Fox, na revista Proceedings of the Royal Society, me chamou a atenção. O estudo conduzido por esses pesquisadores, no Reino Unido, sugere que uma variante no gene transportador de serotonina estaria relacionada com a tendência individual de processar de modo diferencial informações positivas e negativas. Isto é, segundo eles, de ser mais otimista ou mais pessimista.

Fonte : Genética - veja.com

quarta-feira, 29 de abril de 2009

ASSOCIAÇÃO BRASIL PARKINSON










QUINTA-FEIRA É DIA DE BATE-PAPO DA APPP

Aquele bate-papo amigo e fraterno.

"Aceitação não é submissão e resignação mas sim coragem e demonstração de amor pela vida. Esqueça sua doença".

"Se Precisar Contem com as nossas mãos"

1ª parte Horário das 20:00 h ás 20:40 h
TEMA : VOCÊ TEM VERGONHA DA SUA DOENÇA
Mediador : CEZAR

2º parte Das 20:40 h em diante livre para colocar o papo em dia:

É MUITO BOM ENCONTRAR OS AMIGOS E BATER AQUELE PAPO, MAS ENTENDEMOS QUE ESTE ESPAÇO FOI CRIADO PARA TROCA DE INFORMAÇÕES E EXPERIÊNCIAS, VAMOS CONHECER MELHOR A DOENÇA DE PARKINSON.

SOB O COMANDO DO AMIGO MAGNO

CLIQUE AQUI
Michael J Fox fala sobre doença no programa de Oprah Winfrey
Muito boa a entrevista! Se vc perdeu ontem, ainda há chances de ver hoje, reprises às 07h30 e 16h00, canal 41 da NET cabo. Veja comentários da Quem.

terça-feira, 28 de abril de 2009

RELAÇÕES AFETIVAS

NÃO É APENAS O AVANÇO TECNOLÓGICO QUE MARCOU O INICIO DESTE MILÊNIO. AS RELAÇÕES AFETIVAS TAMBÉM ESTÃO PASSANDO POR PROFUNDAS TRANSFORMAÇÕES E REVOLUCIONANDO O CONCEITO DE AMOR.

O QUE SE BUSCA HOJE É UMA RELAÇÃO ONDE EXISTA INDIVIDUALIDADE, RESPEITO, ALEGRIA E PRAZER DE ESTAR JUNTO.... NADA DAQUELA RELAÇÃO DE DEPENDÊNCIA, EM QUE UM RESPONSABILIZA O OUTRO PELO SEU BEM-ESTAR.

A IDÉIA DE UMA PESSOA SER O REMÉDIO PARA NOSSA FELICIDADE ESTÁ FADADA A DESAPARECER NESTE SÉCULO. O AMOR ROMÂNTICO MUITAS VEZES ACHA QUE SOMOS UMA FRAÇÃO E PRECISAMOS ENCONTRAR A METADE QUE NOS COMPLETE. MUITAS MULHERES SE DESPERSONALIZAM .....ALGUMAS DEIXAM ATÉ DE SER ELAS MESMAS E VIRAM O OUTRO!

A PALAVRA DE ORDEM DESTE SÉCULO É PARCERIA. ESTAMOS TROCANDO O AMOR DE NECESSIDADE PELO AMOR DE DESEJO. EU GOSTO E DESEJO A COMPANHIA, MAS NÃO PRECISO... E ISSO FAZ A DIFERENÇA!

O AMOR DE DUAS PESSOAS INTEIRAS É BEM MAIS SAUDÁVEL. NESSE TIPO DE LIGAÇÃO, HÁ O ACONCHEGO, O PRAZER DA COMPANHIA E O RESPEITO PELO SER AMADO. NEM SEMPRE É SUFICIENTE SER PERDOADO POR ALGUÉM, ALGUMAS VEZES VOCÊ TEM DE APRENDER A PERDOAR A SI MESMO.

FLAVIO GIKOVATE

MONICA SOUTO NO MAIS VOCÊ

MAL DE PARKINSON NO MAIS VOCÊ

Um brasileiro está revolucionando a neurociência e pode estar perto de descobrir um caminho para atenuar os sintomas do mal de Parkinson, doença que atinge cerca de 200 mil brasileiros - e que se caracteriza pelo mau funcionamento dos neurônios. O novo tratamento deve ser testado em humanos no ano que vem.
O Mais Você convidou o médico Manoel Jacobsen Teixeira, neurocirurgião e grande especialista em doenças como o mal de Parkinson, para explicar melhor o que é a doença e o significado da pesquisa do neurocientista Miguel Nicolelis.
Ana Maria também recebeu a apresentadora Xuxa. A mãe da rainha dos baixinhos tem a doença e ela aproveitou para tirar algumas dúvidas. “Minha mãe toma remédios há alguns anos e a quantidade de remédios é muito grande! Queria saber se essas técnicas que estão surgindo melhoram problemas decorrentes dos remédios. Uma pessoa que teve, por exemplo, um comprometimento na fala, ela pode voltar a falar normalmente?”, perguntou Xuxa.

Segundo o médico, é possível ter bons resultados com a cirurgia. Manoel Jacobsen acrescentou que, ao contrário do que muitas pessoas imaginam, a doença pode atingir os jovens. “Pessoas de menos idade podem ter a doença com as mesmas características”, falou.

Ana Maria recebeu ainda a psicóloga Monica de Oliveira Souto, que sofre do mal de Parkinson há onze anos e já escreveu um livro sobre o assunto. “É bom procurar ajuda nos grupos de apoio. Quando a pessoa se isola, ela perde a esperança”, falou.

Fonte : Mais Você

Sono à indiana

Afastar a insônia passa pela sutileza de perceber cada um de nossos cinco sentidos. Esses são alguns dos ensinamentos ditados aqui por Deepak Chopra,médico indiano que prega o respeito à natureza e ás nossas sensações para banir os ruídos internos e ter uma noite de sono tranqüila.

TEXTO: ANA HOLANDA
REPORTAGEM FOTOGRÁFICA: CAMILE COMANDINI
FOTOS: ROGÉRIO VOLTAN

Seguir o ciclo da natureza. Essa é a receita do médico indiano Deepak Chopra em seu livro Uma Boa Noite de Sono (ed. Sextante). “Quando seus ritmos fisiológicos se sintonizam com a natureza – o movimento da Terra, do Sol, da Lua e das estrelas, o ciclo das estações do ano e as marés –, o sono vem sem esforço”, diz ele em sua obra, lançada em junho no Brasil. Chopra é um dos divulgadores, no Ocidente, da medicina aiurvédica, que segue os preceitos de saúde da filosofia indiana. Sua lição para dormir bem parece fácil, mas na prática seguir o ritmo do Sol e da Lua não é tão simples. Mas, mesmo para essas eventuais dificuldades, Deepak Chopra tem alguma resposta sábia, que passa por nossos instintos mais primitivos: tato, audição, olfato, visão e paladar. “Tudo o que você toca, prova, vê, cheira e ouve é metabolizado em seu corpo físico, mental e emocional”, acredita ele.
Entre os principais vilões de uma noite maldormida estão o excesso de estresse, ansiedade, depressão. Um estudo feito pelo Instituto do Sono, da Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), em 1987, 1995 e repetido este ano, apontou que 81% dos paulistanos têm queixas de sono. Desses, 35% sofrem de insônia. “Os dados brasileiros coincidem com os internacionais em relação à insônia. Sabe-se também que 10% das pessoas desenvolvem o problema crônico”, conta Lia Bittencourt, médica do instituto e coordenadora do estudo. As pesquisas mostram, ainda, que as mulheres são as que mais sofrem com as noites maldormidas causadas pela insônia – os homens têm queixas de ronco, na maior parte das vezes. As explicações para isso estão relacionadas com a predisposição genética – existem famílias inteiras de insones – por elas terem maior tendência à depressão e à ansiedade e pelo vaie-vem hormonal. Na menopausa, por exemplo, a redução do hormônio feminino progesterona afeta a qualidade do sono.

Fonte :
Revista Bons Fluidos

segunda-feira, 27 de abril de 2009

Cientistas trabalham para desenvolver vacina contra gripe suína

O poder das imagens

Novos exames desvendam o corpo humano e possibilitam o diagnóstico de doenças com maior precisão e agilidade

Renata Cabral e Gustavo de Almeida

Muitas das tecnologias que estão a serviço da medicina parecem ficção científica. O que dizer de uma pílula capaz de fornecer imagens detalhadas de todo o aparelho digestivo enquanto percorre o organismo?

A invenção da Philips, que também transporta medicamentos, chama-se Ipill e está disponível no Brasil. Mas, muito além do aspecto curioso, o melhor das últimas novidades em diagnóstico por imagem é que elas de fato estão salvando vidas. Quanto mais avançada e precisa a tecnologia, mais cedo um diagnóstico pode ser feito e o tratamento iniciado.

Fonte :IstoÉ Independente

domingo, 26 de abril de 2009

Portadores de doença grave têm direito a isenção de impostos; veja casos

Lei concede benefícios especiais para casos comprovados.
Doença deve ser comprovada com perícia de serviço médico oficial.

Portadores de doença grave têm direito a isenção de tributos e benefícios especiais, de acordo com a legislação brasileira.

Clique aqui para fazer o "download" do programa IRPF 2009

Visite o site do Jornal Hoje

Pela lei, quem tiver doença grave comprovada (veja tabela abaixo) pode pleitear benefícios como:

- comprar um veículo;
- quitar a casa própria (desde que esteja financiada pela Caixa Econômica Federal);
- ter prioridade em atendimento judicial;
- conseguir o tratamento médico custeado pelo
governo ou plano de saúde;
- viajar dentro do estado sem pagar passagem de ônibus, trem ou metrô.

Fonte : Globo.com G1

SEGUNDA-FEIRA É DIA DO AMIGOGAMP
Grupo de Ajuda mútua em Parkinson




"MESMO COM PARKINSON, VOCÊ PODE ESTAR DE BEM COM A VIDA"
"VAMOS JUNTOS, FAZER DO PARKINSON COISA DO PASSADO"


1ª parte Horário das 20:00 h ás 20:40 h tema a ser abordado:

VOCÊ JÁ FEZ ALGUMA ATIVIDADE QUE NÃO LHE FEZ BEM?
MEDIADOR DA NOITE AMIGO CEZAR

2º parte Das 20:40 h em diante livre para colocar o papo em dia:

É MUITO BOM ENCONTRAR OS AMIGOS E BATER AQUELE PAPO, MAS ENTENDEMOS QUE ESTE ESPAÇO FOI CRIADO PARA TROCA DE INFORMAÇÕES E EXPERIÊNCIAS, VAMOS CONHECER MELHOR A DOENÇA DE PARKINSON.

CLIQUE AQUI

quinta-feira, 23 de abril de 2009

Portadores de doenças graves têm direito a benefícios

Para que servem os amigos? Para uma vida mais longa

Estudos mostram que pessoas com mais amigos vivem mais.
Ter boas companhias também ajuda a combater depressão.

Tara Parker-Pope Do 'New York Times'

Na jornada por uma saúde melhor, muitas pessoas se voltam a médicos, livros de auto-ajuda ou suplementos de ervas. Porém, elas ignoram uma poderosa arma capaz de ajudá-las a combater doenças e a depressão, acelerar a recuperação, retardar o envelhecimento, e prolongar a vida: seus amigos.

Foto: Stuart Bradford/NYT

Amigos ajudam a preservar a saúde? (Foto: Stuart Bradford/NYT)

Recentemente, pesquisadores estão começando a prestar atenção na importância da amizade e das redes sociais para a saúde em geral. Um estudo australiano de 10 anos descobriu que pessoas mais velhas com um grande círculo de amigos tinham uma chance 22% menor de morrer durante o período do estudo, em relação àqueles com menos amigos. Um grande estudo de 2007 mostrou um aumento de quase 60% no risco de obesidade entre pessoas cujos amigos ganhavam peso. No ano passado, pesquisadores de Harvard relataram que laços sociais fortes poderiam promover saúde cerebral conforme envelhecemos.

Fonte : G1 - Ciência&Saúde/medicina

Cuidados com a pele no avião

"Senhores passageiros, aqui é o comandante desta aeronave. Obrigado pela presença a bordo. Nosso tempo de voo será de várias e intermináveis horas, nas quais os senhores terão total impossibilidade de descansar devido ao aperto entre as poltronas, ao frio do ar-condicionado, ao barulho e aos chutes na sua poltrona vindos do passageiro atrás de você. Em nome da tripulação, desejamos uma viagem agradável, ainda que isso seja totalmente impossível. "

Fonte : Veja.Com - Espelho Meu Lucia Mandel

Nova técnica pode curar feridas de pés diabéticos

GABRIELA CUPANI
da Folha de S.Paulo

A colocação de stents, similares aos usados em cirurgias cardíacas, pode curar úlceras e feridas de difícil cicatrização, comuns nos pés dos diabéticos. O stent é uma pequena "rede" que serve para filtrar placas de gordura e desbloquear artérias.

O pé diabético é a principal causa de amputação no mundo. Com o procedimento, o objetivo é garantir a abertura dos vasos entupidos quando a angioplastia --técnica que também desobstrui o vaso por meio de balão-- não foi suficiente para garantir o fluxo de sangue.

"Com a colocação de stents próprios para esses casos estamos salvando os pés desses pacientes", conta o cirurgião endovascular Armando Lobato, presidente de um congresso internacional que acontece em São Paulo e que discute o tema.

A colocação de stents em casos de pés diabéticos já começou a ser feita no Brasil, embora a técnica ainda não seja difundida entre os cirurgiões.

Fonte : FolhaOnline

DALVA PARABÉNS


Hoje a Estrela Dalva esta brilhando mais do que nunca.
Nossa singela homenagem a essa grande guerreira Parkinsoniana.

Ela representa muito para todos nós e para nossa luta

Transplante de células-tronco livra diabéticos das injeções de insulina

Transplante de células-tronco

Iniciado em 2003, um tratamento inovador para pacientes de diabetes tipo 1 - baseado em altas doses de quimioterapia e no transplante de células-tronco extraídas de seus próprios organismos - apresentou resultados promissores em abril de 2007. De um grupo de 15 pessoas, 14 foram dispensados das altas doses diárias de insulina, pois seus organismos voltaram a produzir a substância.

Dois anos depois, a mesma equipe de pesquisadores do Centro de Terapia Celular (CTC) da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP-USP), coordenada pelo médico Julio Voltarelli, volta a mostrar resultados importantes.

Fonte : Diário de Saúde

Você sabe se tem pressão alta?

Uma pesquisa da Sociedade de Cardiologia de São Paulo mostra que apenas seis de cada cem paulistas sabem qual é a pressão arterial ideal. E você? Sabe qual é a pressão recomendada pelos médicos?

Leia mais sobre Ciência e Saúde no G1

Para se controlar a pressão, a receita é uma alimentação balanceada, com pouca gordura e pouco sal. É sempre bom praticar exercícios.

Segundo a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo (Socesp), o índice de pressão ideal é 13 por 8. Mas muitos médicos defendem que o patamar ideal é 12 por 8. O médico da Socesp, Celso Amodeo, fala sobre os cuidados necessários com a saúde.

Fonte : Globo.com

Para combater estigmas, tratamento psiquiátrico é fundamental, diz médica

Psiquiatra fala, em artigo, sobre como encarar doença mental.
Sally Satel é acadêmica residente no American Enterprise Institute.

Sally Satel Para o 'New York Times'


O estigma dos tratamentos psiquiátricos (Foto: NYT)

No último outono, a televisão britânica transmitiu um reality show chamado “O Quão Louco é Você?” O enredo era simples: dez voluntários viviam juntos, durante uma semana, num castelo em Kent, e participavam de uma série de desafios.

A novidade era a falta de um prêmio.

Cinco dos voluntários tinham um histórico de doença mental séria, como transtorno obsessivo-compulsivo ou distúrbio bipolar, e cinco não. Os desafios, criados para extrair sintomas latentes, incluíam limpar um estábulo, realizar uma comédia stand-up, e se submeter a exames psicológicos.

Mas o verdadeiro teste veio no final da semana.

Poderia um painel de peritos – um psiquiatra, um psicólogo e uma enfermeira psiquiátrica – distingui-los entre si?

Eles não puderam. Após assistir a horas de gravações, os peritos identificaram corretamente apenas duas das cinco pessoas com histórico de doença mental. Eles ainda identificaram erroneamente duas pessoas saudáveis como portadoras de distúrbios.

Fonte : Globo.com

quarta-feira, 22 de abril de 2009

País terá centro internacional de formação em saúde pública

Com o apoio da Fiocruz, escola vai atender médicos, enfermeiros e profissionais do setor

Emilio Sant?Anna

O Brasil será sede de um centro internacional de formação de gestores da área de saúde que vai atender bolsistas de países da América do Sul. O objetivo é tentar reduzir desigualdades regionais na formação dos profissionais. Além disso, o País fará parte de uma rede internacional de combate à dengue.

A decisão foi tomada ontem durante reunião do Conselho de Saúde Sul-Americano, realizada em Santiago, no Chile, com a presença de ministros dos 12 países-membros da União das Nações Sul-Americanas (Unasul), criada em 2008.

Batizado de Escola de Saúde Pública da América do Sul, o centro terá apoio da Fundação Oswaldo Cruz e deve ser instalado no Rio. "O financiamento dos pesquisadores será compartilhado com cada país", disse o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, ao Estado.

Fonte : Estadao.com.br

Estados Unidos mudam regras para pesquisas com células-tronco

Financiamento público será dado a estudos com embriões descartados.
Regulamentos proíbem qualquer tentativa de clonagem humana.

Luis Fernando Correia Especial para o G1

Dando continuidade às mudanças na posição do governo americano com relação à pesquisa com células-tronco, o NIH (Instituto Nacional de Saúde) divulgou as regras para financiamento de linhas de pesquisas na área.

Em 2001 o governo Bush editou uma resolução do executivo que proibia o financiamento com dinheiro público das pesquisas com células-tronco embrionárias. Esse bloqueio custou aos cientistas americanos um atraso considerável quando comparados ao restante do mundo, especialmente a Europa. Uma das primeiras medidas após Barack Obama tomar posse foi a suspensão dessa medida, mas esse ato, sozinho, não tinha trazido efeitos reais. Com a divulgação da proposta de normas para o financiamento o apoio do governo passará a ser uma realidade muito em breve.

Foto: Divulgação

Esquema representando as células-tronco (no centro) dando origem a vários tipos celulares, como espermatozóides e células musculares (em cima) (Foto: Divulgação)

Fonte : Globo.com - G1

QUINTA-FEIRA É DIA DE BATE-PAPO DA APPP



Aquele bate-papo amigo e fraterno.


"Aceitação não é submissão e resignação mas sim coragem e demonstração de amor pela vida. Esqueça sua doença".

"Se Precisar Contem com as nossas mãos"

1ª parte Horário das 20:00 h ás 20:40 h
TEMA : COMO VOCÊ RECEBEU O SEU DIAGNÓSTICO
Mediador : Renato

2º parte Das 20:40 h em diante livre para colocar o papo em dia:

É MUITO BOM ENCONTRAR OS AMIGOS E BATER AQUELE PAPO, MAS ENTENDEMOS QUE ESTE ESPAÇO FOI CRIADO PARA TROCA DE INFORMAÇÕES E EXPERIÊNCIAS, VAMOS CONHECER MELHOR A DOENÇA DE PARKINSON.

SOB O COMANDO DO AMIGO MAGNO

CLIQUE AQUI

terça-feira, 21 de abril de 2009

Mal de Parkinson não é uma doença única

O que é Mal de Parkinson?

Quando o ator norte-americano Michael J. Fox, estrela da trilogia De Volta para o Futuro, revelou ao mundo o seu problema de saúde, o Mal de Parkinson ganhou as primeiras páginas dos jornais.

Hoje, mais de dez anos após a revelação do astro, a doença ainda permanece obscura para boa parte da população, que carece de informações mais detalhadas sobre o tema.

Com o intuito de reverter esse quadro, a classe médica aproveitou o a comemoração do Dia Internacional do Parkinsoniano para diferenciar o mal de Parkinson de outras doenças afins, além de destacar os sintomas, os diagnósticos e os tratamentos possíveis.

Síndrome Parkinsoniana

A "Síndrome Parkinsoniana", que abrange uma série de enfermidades, é marcada por sintomas específicos, como rigidez, tremores em repouso e lentificação dos movimentos e pensamentos. Entre as doenças descritas por esses sinais, observáveis clinicamente, está o mal de Parkinson, que figura como o parecer mais frequente.

No entanto, "quando os pacientes apresentam sintomas adicionais, além desse quadro clássico, nós estamos lidando com outras doenças da síndrome, como a 'Paralisia Supranuclear Progressiva' e 'Atrofia de Múltiplos Sistemas'", explica o Dr. Saulo Lacerda, radiologista da DASA, especialista em neurorradiologia.

Sintomas e alternativas de tratamento

Quando há suspeita de outras doenças, que podem trazer indícios como sudorese excessiva, impotência sexual e quedas frequentes, uma análise clínica não é suficiente.

"É preciso realizar o diagnóstico por imagem. Uma ressonância magnética, por exemplo, oferece uma sensibilidade em torno de 80% na identificação dessas demais enfermidades", calcula Lacerda.

Com o laudo médico em mãos, busca-se a melhor forma para o tratamento dos sintomas, que podem ser amenizados com cuidados farmacológicos (que utiliza medicamentos), não-farmacológicos (fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional) e, em casos especiais, até intervenções cirúrgicas.

Matéria original [clique aqui]

Ver mais notícias sobre os temas:

[Sistema Nervoso] [Cérebro] [Terceira Idade]

RAP DA PAZ

DUODOPA

sábado, 18 de abril de 2009

ASSOCIAÇÃO PARKINSON TOCANDO EM FRENTE


Em 18.04,2009,foi fundada a Associação Parkinson Tocando em Frente, da cidade de Araranguá SC.

Doenças graves têm amparo na lei

Doenças graves têm amparo na lei

Ao tomar conhecimento de que possui uma doença grave, paciente foca suas forças no combate ao mal e, muitas vezes, sofre ainda mais por não conhecer direitos que podem facilitar sua vida diante da batalha pela vida. Portadores de necessidades especiais e doenças graves têm direitos e benefícios garantidos por lei. Doenças como o câncer, Aids, moléstia profissional, tuberculose ativa, alienação mental, esclerose múltipla, neoplasia maligna, cegueira, hanseníase, paralisia irreversível e incapacitante, cardiopatia grave, mal de Parkinson, espondilite anquilosante, nefropatia grave, hepatopatia grave, estágios avançados da doença de Paget (osteíte deformante), contaminação por radiação e fibrose cística, já foram reconhecidas pelo artigo 1° da Lei ll.052/2004 como doenças consideradas graves, e, portanto, passíveis de benefícios.
Esses benefícios vão desde isenção de imposto de renda, aposentadoria por invalidez e saque do FGTS, até aposentadoria integral no caso de servidores públicos. Mas, quando aquelas patologias resultarem em deficiência física incapacitante, outros benefícios podem ser incorporados. São eles, por exemplo, isenção fiscal de ICMS E IPI, para compra de veículos nacionais, além de isenção do IPF nos contratos de financiamento destes veículos, sendo que os mesmos devem sair de 25% a 30% mais baratos. A Constituição de 1998, em seu artigo 23, inciso II, estabelece a competência comum da União, Estados, Distrito Federal e Municípios, para cuidar da saúde e assistência pública, proteção e garantia dos portadores de deficiência. Só existe possibilidade de requerer aposentadoria por invalidez se a pessoa não mais tiver possibilidade de trabalhar. Não basta, apenas, ter o câncer, por exemplo. Existem dois tipos fundamentais de relação de trabalho, os celetistas e os funcionários públicos. Os celetistas são os que têm Carteira Profissional assinada e pagam o INSS. Funcionários públicos são os que ingressam no serviço público, mediante concurso, podendo ser federais, estaduais ou municipais. O INSS assegura que os celetistas portadores de câncer e as doenças mencionadas acima, com base em laudo médico, têm o direito à aposentadoria por invalidez, independente do número de contribuições (sem carência). Se o celestista estiver recebendo o auxílio-doença, a aposentadoria por invalidez começará a ser paga a contar do dia imediato ao da cessação do auxílio-doença.
Para o assegurado do INSS (empregado) que não estiver recebendo auxílio-doença, a aposentadoria por invalidez será paga a partir do 16º dia de afastamento da atividade ou a partir da data da entrada do requerimento, se entre o afastamento e a entrada do requerimento decorrerem mais de 30 dias. Para os demais segurados, ou seja, os trabalhadores autônomos, a aposentadoria por invalidez será paga a partir do início da incapacidade, ou a partir da data da entrada do requerimento, quando requerido após 30º do afastamento da atividade. Veja bem este direito, ele é muito importante. Se o segurado do INSS necessitar de assistência permanente de outra pessoa, a critério da perícia médica, o valor da aposentadoria por invalidez será aumentada em 25% a partir da data da solicitação. Estamos elaborando um livro, que traz tudo isto, e mais, os modelos de requerimentos, e tudo sobre os direitos dos pacientes portadores das doenças já mencionadas. Este livro será editado pela Assessoria de Comunicação do Hospital Dr. Hélio Angotti, com apoio de sua diretoria, no intuito de esclarecer, aos doentes de câncer, os seus direitos.

Paulo Nogueira é jornalista e membro da Associação Brasileira de Jornalismo Científico

http://www.jornaldeuberaba.com.br/?MENU=CadernoA&SUBMENU=Opiniao&CODIGO=29623

SEGUNDA-FEIRA É DIA DO AMIGOGAMP
Grupo de Ajuda mútua em Parkinson

"MESMO COM PARKINSON, VOCÊ PODE ESTAR DE BEM COM A VIDA"

"VAMOS JUNTOS, FAZER DO PARKINSON COISA DO PASSADO"

1ª parte
Horário das 20:00 h ás 20:40h

tema a ser abordado :
OS REMÉDIOS E SUAS FUNÇÕES

2º parte Das 20:40 h em diante livre para colocar o papo em dia:


É MUITO BOM ENCONTRAR OS AMIGOS E BATER AQUELE PAPO, MAS ENTENDEMOS QUE ESTE ESPAÇO FOI CRIADO PARA TROCA DE INFORMAÇÕES E EXPERIÊNCIAS, VAMOS CONHECER MELHOR A DOENÇA DE PARKINSON.


CLIQUE AQUI

sexta-feira, 17 de abril de 2009

INSÔNIA 1/2

Insônia (2/2)

EUA divulgam regras para pesquisa com células-tronco

Financiamneto federal será restrito a pesquisas com embriões que seriam descartados após tratamentos

WASHINGTON - Cientistas que desejarem dinheiro público para realizar pesquisas com células-tronco embrionárias deverão utilizar células removidas originalmente de embriões que, de outra forma, seriam descartados por clínicas de fertilidade.

Entenda o uso das células-tronco

'Impacto de decisão dos EUA sobre células-tronco será mundial'

Esta é a decisão dos Institutos Nacionais de Saúde (NIH), que emitiu nesta sexta-feira, 17, as normas que os pesquisadores deverão seguir.

As normas vetam as pesquisas de natureza mais controversa - que se valem de células de embriões produzidos apenas para serem objeto de estudo - em favor de um limite que terá amplo apoio no Congresso.

As regras ficarão um mês abertas para comentários do público, antes de entrar em vigor.

Sob o governo Bush, as pesquisas com células extraídas de embriões humanos estavam proibidas de receber verbas federais. O então presidente vetou atos do Congresso que pretendiam liberar recursos para esses estudos.

Fonte : Estadao.com.br

Novas regras para evitar fraude no Farmácia Popular

Agora o cliente tem que mostrar um documento com foto ao balconista da farmácia, além de CPF e a receita médica.

O Ministério da Saúde anunciou nesta quinta mudanças nas regras do programa Farmácia Popular, criado para reduzir o preço de alguns remédios. O objetivo é evitar fraudes como as que foram denunciadas no Jornal Nacional no mês passado.

Para ganhar desconto de até 90%, agora o cliente tem que mostrar um documento com foto ao balconista, além de CPF e a receita médica.

“O médico põe o nome do paciente e a gente checa o nome do paciente com a identidade e o CPF. Fica melhor, mais garantido”, admite o gerente Sérgio Lobo.

Fonte : Jornal Nacional

RENATO E SUA HISTÓRIA em cordel

Em dezembro de 2005
Sentindo uma dor na mão
Quase não escrevia
No curso de graduação
Era um fato suspeito
Despertou minha atenção

Inquieto com o que sentia
Procurei um ortopedista
Analisou a radiografia
Como bom especialista
Foi logo respondendo
É caso para neurologista

Rapidamente consultei
O melhor que conhecia
Traçou um diagnostico
Que facilmente resolveria
Compressão da 6ª vértebra
Até me deu certa alegria

Alegria teve um motivo
Explico qual a razão
Que estava pensando
Em pior situação
E este diagnóstico
Aliviou meu coração

Procurei no tratamento
E não achei resultado
O tempo se passava
E eu mais preocupado
Começava a desconfiar
O que tinha diagnosticado

Li um livro de uma doença
Não tive muita sorte
Era história de um professor
Alegre e muito forte
Contraiu a Esclerose Lateral
E o levou aos poucos a morte

Depois de muitos exames
E de tanta suposição
Dr. Francisco Cardoso
Falou com precisão
Você tem Parkinson
Associado a Depressão

Por incrível que pareça
A notícia não era legal
Fiquei muito abalado
Mas não fiquei tão mal
É que não era aquela
Esclerose doença fatal

No momento imaginava
Como é que iria fazer
Tinha um só pensamento
De todos vou esconder
Bobagem assim proceder
Em breve todos vão saber

Sentindo dificuldades
De meu trabalho executar
E para uma melhor forma
De poder me tratar
O médico achou por bem
Do serviço me afastar

De início foi terrível
A situação aceitar
Pensava em só bobagem
Que não da para acreditar
Cheguei a pensar loucuras
Até deste mundo mudar

O tempo foi passando
Eu sempre a estudar
Na internet curioso
Não cansava de procurar
Foi aí que descobri a ABP
Sempre pronta a ajudar

Para quem não conhece
ABP é uma Associação
Que cuida de parkinsonianos
Com especial atenção
Lá existem profissionais
Trabalhando com dedicação

Descobri que nas Segundas
Tem o Chat para integrar
Uma sala aberta à classe
Para qualquer um entrar
Você entra para conversar
Ou qualquer coisa perguntar

No dia sempre tem alguém
Pronto para lhe ajudar
Não importa qual a Cidade
Ou onde você possa estar
Basta registrar o nome
E a cidade onde está

Foi onde me encontrei
E aos poucos percebi
Conversando com pessoas
Gente que eu nunca vi
Tenho muito a viver
E com outros dividir

Descobri que nesta vida
Nunca podemos parar
Se um quer seu auxílio
Ajuda tem que prestar
Não fique só assistindo
Se você pode ajudar

Cheguei a uma conclusão
Quando estive ajudando,
Percebi que quando ajudo
A quem está precisando
No fundo, a bem da verdade
Sou eu quem sai ganhando

Quer ficar longe da tristeza?
Quer que tudo fique legal?
Tome para ti meu exemplo
Não ligue para esse mal
Verás que a tua nova vida
Sempre será alto astral

quinta-feira, 16 de abril de 2009

VOX POPULI VOX DEI

O NOSSO CHAT FOI CRIADO PARA TROCA DE INFOMAÇÕES SOBRE A DP.

PARA APRENDER, VIVENCIAR UM TEMA A RESPEITO DESTE ASSUNTO E TAMBÉM ENSINAR SEMPRE QUE POSSÍVEL, APROVEITANDO A EXPERIÊNCIA DE CADA UM.


ESTAMOS NOS SENTINDO FRUSTRADOS NO NOSSO OBJETIVO, COMO JÁ FIZEMOS GRANDES AMIGOS E AMIGAS, NÃO QUEREMOS ABRIR MÃOS DESTES QUERIDOS COMPANHEIROS.


RESOLVEMOS COLOCAR EM VOTAÇÃO E O POVO OPTARÁ.


PEÇO QUE TODOS SE MANIFESTEM E ASSIM A MAIORIA DECIDIRÁ SE QUEREM UM PAPO CIENTÍFICO VOLTADO PARA DISSECAR A DOENÇA DE PARKINSON OU APENAS UM BATE PAPO INFORMAL QUE TAMBEM TEM SIDO ÚTIL PARA DESABAFAR E FAZER O SOCIAL.


PELO RESPEITO QUE TENHO A TODOS , ESPERO QUE VOCES OPINEM. O QUE FOR A MAIORIA SERÁ O NOSSO RUMO, QUALQUER QUE FOR A DECISÃO DESTE EGRÉGIO FORÚM SERÁ BEM RECEBIDA.


O NOSSO BATE-PAPO NÃO TERÁ TEMPO PERDIDO, ESTAREMOS DE QUALQUER FORMA APRENDENDO E NOS RELACIONANDO. ESPERO O VOTO DE CADA COMPANHEIRO PARA TOMAR-MOS UM RUMO, E SEMPRE NAVEGANDO NUMA DIREÇÃO NORTE OU SUL COM A BÚSSOLA DIRECIONADA PARA UM PONTO CONHECIDO E ASSIM SINGRANDO JUNTOS OS MARES CALMAMENTE.


JA QUE ESTAMOS NO MESMO BARCO.


ALOHA MAGNO.

HOJE É DIA DE BATE-PAPO A PARTIR DAS 20:00HS

QUINTA-FEIRA É DIA DE BATE-PAPO DA APPP



Aquele bate-papo amigo e fraterno

"Aceitação não é submissão e resignação mas sim coragem e demonstração de amor pela vida. Esqueça sua doença"

"Se Precisar Contem com as nossas mãos"


1ª parte Horário das 20:00 h ás 20:40 h ( Debate sobre um tema abordando a doença de Parkinson )

2º parte Das 20:40 h em diante livre para colocar o papo em dia:

É MUITO BOM ENCONTRAR OS AMIGOS E BATER AQUELE PAPO, MAS ENTENDEMOS QUE ESTE ESPAÇO FOI CRIADO PARA TROCA DE INFORMAÇÕES E EXPERIÊNCIAS, VAMOS CONHECER MELHOR A DOENÇA DE PARKINSON.

SOB O COMANDO DO AMIGO MAGNO

CLIQUE AQUI

Dia Mundial da Voz [16 de Abril] » Oiça a Sua Voz, Cuide da Sua Voz, Goste da Sua Voz

Dra. Andreia Rodrigues,

Terapeuta da Fala

O Dia Mundial da Voz, tem como objectivo a sensibilização para a importância da voz, suas alterações e os cuidados a ter, para manter uma voz saudável.

O que é a Voz?

Desde sempre, que o homem sente necessidade de comunicar, sendo a voz um dos veículos de transmissão da mensagem, de forma a expormos as nossas ideias com clareza e eficácia. Também constitui um instrumento, relevante na socialização (como factor de estabelecimento das relações), estimulando reacções de interesse, de alegria, permitindo desenvolver afectividade. Pode-se considerar a voz, como o resultado da expressão corporal, dependente do bem estar físico e psíquico do indivíduo.

A voz, deve possuir um conjunto de características (intensidade, altura, duração e ritmo), permitindo um uso adequado e sua percepção agradável aos outros. Quando estas características, se alteram, instala-se um desvio, ou seja, deixa de ser aceite como “normal” se não estiver adequada ao sexo, à idade ou ao contexto sócio-cultural.

Fonte : Médicos de Portugal

Paulo José na FLIP 2007 recitando O Bobo

quarta-feira, 15 de abril de 2009

DAQUILO QUE EU SEI BY TT

Doentes de Parkinson ganham nova esperança no Hospital de S. João

Doentes de Parkinson ganham nova esperança no Hospital de S. João
Activa PC é implementado pela primeira vez em Portugal
Foto: Medtronic

Estimular os circuitos cerebrais dos doentes de Parkinson é a forma encontrada pelo Hospital de S. João para melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Pela primeira vez em Portugal foi implementado no Hospital de São João, no Porto, um dispositivo para estimular os circuitos cerebrais dos doentes de Parkinson. O Activa PC permite diminuir os sintomas e melhorar a função motora dos pacientes.

"O dispositivo funciona de um modo semelhante a um pacemaker. Gera estímulos eléctricos que depois vão ser conduzidos até à profundidade do cérebro e são esses estímulos que interferem com os circuitos cerebrais que controlam os movimentos dos doentes e permitem a melhoria dos sintomas", explica Rui Vaz, neurocirurgião e director do Serviço de Neurocirurgia do Hospital de São João.

Fonte : JPN

A BIBLIOTECA MUNDIAL

fotos: divulgação; haraz n. ghanbari/ap

A Unesco coloca na internet o mais moderno e revolucionário acervo de todos os tempos

Tatiana de Mello

Eles foram tão geniais e universais que se pode dividir a concepção e o entendimento que a própria humanidade tem de si em antes e depois que suas obras vieram à luz. Fala-se, por exemplo, de Sófocles, Petrarca, Dante Alighieri, Miguel de Cervantes, Friedrich Hegel e Machado de Assis, entre outros poetas, escritores e filósofos. Por mais criativos e "antenados" que tenham sido, jamais poderiam prever, no entanto, um mundo digitalizado como o atual - no qual papel e caneta vão se tornando cada vez mais descartáveis. Unindo o que há de ideal da cultura humana com a inevitável e imprescindível informatização dos dias de hoje, a Unesco dá ao mundo, na terça-feira 21, o mais moderno e revolucionário acervo de todos os tempos: a Biblioteca Digital Mundial. "Ela não tem somente a função de reunir livros para consulta. Essa biblioteca fará circular de forma online as informações e os bens culturais de diversos países", disse à ISTOÉ Muniz Sodré de Araújo Cabral, presidente da Biblioteca Nacional, que representa o Brasil nesse projeto. A ideia de sua montagem começou a ganhar forma quando ela foi exposta à Unesco por James Hadley, presidente da Biblioteca do Congresso dos EUA, a maior do mundo.

Fonte : Isto É - Ciência&Tecnologia

terça-feira, 14 de abril de 2009

Intervenção pioneira para Parkinson em Portugal

Rui Vaz, neurocirurgião,

Hospital S. João,
Porto

Será hoje implantado pela primeira vez em Portugal, no Hospital de São João, no Porto, o mais recente dispositivo de estimulação cerebral profunda, que permite aos doentes de Parkinson recuperar a qualidade de vida.

O novo dispositivo, o Activa PC, é mais pequeno e permite uma melhor regulação da intensidade do estímulo.

De acordo com Rui Vaz, neurocirurgião e director do Serviço de Neurocirurgia do Hospital de São João, "este novo dispositivo vem melhorar o bem-estar do doente de Parkinson, na medida em que, sendo mais pequeno, é mais estético e cómodo e tem ainda a vantagem clínica de ser o próprio doente a poder regular a intensidade do estímulo eléctrico, de acordo com os parâmetros escolhidos pelo seu médico".

Fonte : Correio da Manhã

MÉDICOS CHAMAM ATENÇÃO PARA A SÍNDROME PARKINSONIANA

Quando o ator norte-americano Michael J. Fox, estrela da trilogia De Volta para o Futuro, revelou ao mundo o seu problema de saúde, uma expressão ganhou as primeiras páginas dos jornais: o mal de Parkinson. Hoje, mais de dez anos após a revelação do astro, a doença ainda permanece obscura para boa parte da população, que carece de informações mais detalhadas sobre o tema.

Com o intuito de reverter esse quadro, a classe médica aproveita o Dia Internacional do Parkinsoniano, lembrado no último 11 de abril, para diferenciar o mal de Parkinson de outras doenças afins, além de destacar os sintomas, os diagnósticos e os tratamentos possíveis.

A 'Síndrome Parkinsoniana', que abrange uma série de enfermidades, é marcada por sintomas específicos, como rigidez, tremores em repouso e lentificação dos movimentos e pensamentos. Entre as doenças descritas por esses sinais, observáveis clinicamente, está o mal de Parkinson, que figura como o parecer mais frequente. No entanto, "quando os pacientes apresentam sintomas adicionais, além desse quadro clássico, nós estamos lidando com outras doenças da síndrome, como a 'Paralisia Supranuclear Progressiva' e 'Atrofia de Múltiplos Sistemas'", explica o Dr. Saulo Lacerda, radiologista da DASA, especialista em neurorradiologia.

Quando há suspeita de outras doenças, que podem trazer indícios como sudorese excessiva, impotência sexual e quedas frequentes, uma análise clínica não é suficiente. "É preciso realizar o diagnóstico por imagem. Uma ressonância magnética, por exemplo, oferece uma sensibilidade em torno de 80% na identificação dessas demais enfermidades", calcula Lacerda. Com o laudo médico em mãos, busca-se a melhor forma para o tratamento dos sintomas, que podem ser amenizados com cuidados farmacológicos (que utiliza medicamentos), não-farmacológicos (fisioterapia, fonoaudiologia, terapia ocupacional) e, em casos especiais, até intervenções cirúrgicas.

Fonte : Segs - Portal Nacional