Visualizações de página do mês passado

terça-feira, 30 de novembro de 2010

convite

Terapia genética melhorou memória de ratos com sintomas de Alzheimer

Pesquisadores testaram técnica que aumenta níveis de substância para comunicação entre neurônios

Uma técnica de terapia genética criada para melhorar problemas de memória associados ao Mal de Alzheimer foi testada com sucesso em ratos, dizem cientistas americanos.

Os especialistas usaram a técnica para aumentar níveis de uma substância química que auxilia a comunicação entre células do cérebro, explica um artigo publicado na revista científica Nature.

Esse processo de envio de sinais entre as células é prejudicado em pacientes com o Mal de Alzheimer.

Segundo a entidade britânica Alzheimer's Research Trust, que fomenta pesquisas sobre a doença, o novo estudo acrescenta uma peça importante ao conhecimento que se tem sobre a sobre a doença e sugere novas rotas de pesquisa.

Amiloide

Com o aumento na expectativa de vida da população de muitos países do planeta, a incidência do Mal de Alzheimer e de outras formas de demência deve crescer.

A equipe de pesquisadores do Gladstone Institute of Neurological Disease, em San Francisco, na Califórnia, acredita que um aumento nos índices do neurotransmissor EphB2 no cérebro possa ajudar a reduzir ou mesmo prevenir alguns dos piores efeitos da condição.

Seu estudo sugere que a substância cumpre um papel importante na memória e que sua presença é reduzida em pacientes com o Mal de Alzheimer.

Uma das características mais marcantes dos cérebros afetados pela condição é o acúmulo de placas de uma proteína chamada amiloide. Com o passar do tempo, isso leva à morte das células do cérebro.

Experimento

A equipe baseou seu experimento em uma particularidade da proteína amiloide: sua suposta habilidade de se acoplar ao neurotransmissor EphB2, reduzindo a quantidade da substância disponível para as células do cérebro, o que poderia em parte explicar a perda de memória nos pacientes.

Para testar essa ideia, eles usaram técnicas de terapia genética para reduzir e também para aumentar a quantidade de EphB2 disponíveis nos cérebros de ratos de laboratório.

Quando os índices da substância foram reduzidos em ratos saudáveis, os animais desenvolveram sintomas de perda de memória similares àqueles observados em ratos programados geneticamente para apresentar uma condição similar ao Mal de Alzheimer.

E quando os ratos com sintomas de Alzheimer receberam terapia genética que aumentou os índices de EphB2, seus sintomas de perda de memória desapareceram.

Lennart Mucke, líder do estudo, disse que sua equipe ficou "encantada" com a descoberta.

"Com base nos nossos resultados, achamos que impedir as proteínas amiloides de se acoplarem ao EphB2 e aumentar os índices de EphB2 ou de (suas) funções por meio de drogas pode ser benéfico a (pacientes com) Mal de Alzheimer", disse Mucke.

Repercussão

Pesquisadores britânicos disseram que o estudo, embora interessante, não oferece uma resposta rápida para pacientes com Alzheimer.

Rebecca Wood, diretora do Alzheimer's Research Trust, disse que o cérebro humano é complexo, e entender como ele funciona e como é danificado por doenças como o Mal de Alzheimer é uma tarefa gigantesca.

O estudo "indica uma forma de fazer com que as células nervosas do cérebro continuem se comunicando, o que é vital para o pensamento e a memória".

Mas ela acrescentou: "Não sabemos ainda se essas descobertas vão levar a um novo tratamento para o Mal de Alzheimer - isso ainda vai demorar". BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Fonte : Estadão.com.br - Ciência

DIA 07/12 A PARTIR DAS 14:00HS -COMEMORAÇÃO DE ANIVERSÁRIO COM DANÇA SENIOR


Para visualizar melhor a imagem clic em cima

DIA 04/12 A PARTIR DAS 16:00HS - EXPOSIÇÃO DE ARTE DE PARKINSONIANOS NA ABP

Para visualizar melhor as imagens clic em cima

O que emperra as nossas pesquisas?

Essa semana, cientistas de todo o país foram a Brasília apresentar os primeiros resultados de um novo programa lançado ao final de 2008: os Institutos Nacionais de Ciência e Tecnologia (INCT). São 122 ao todo.

Os INCT são financiados pelo governo federal (CNPq e FINEP) em parceria com as agências locais de fomento – FAPESP no caso de São Paulo – que vem apoiando as pesquisas no nosso estado há décadas, com muito sucesso. Na realidade, os INCT foram inspirados no excelente programa CEPID-FAPESP (Centros de pesquisas, inovação e divulgação da FAPESP) que foi iniciado em São Paulo, em 2000. Para a nossa sorte, porque o Centro de Estudos do Genoma Humano foi um dos contemplados.

Nos últimos anos houve um aumento nos investimentos federais em projetos de pesquisas, não podemos negar. Mas as dificuldades burocráticas para importar material de pesquisa continuam sendo um entrave gigantesco no avanço das nossas pesquisas. (...) segue

Fonte : Revista Veja - Mayana Zatz

BOM DIA, VIVA A VIDA INTENSAMENTE!!!


Palavras de
Chico Xavier

Viver é sempre dizer aos outros que elas
são importantes.
Que nós o amamos, porque um dia eles se vão,
e ficamos com a nítida impressão
de que não o amamos o suficiente.

(Chico Xavier)

segunda-feira, 29 de novembro de 2010

SUTIÃ E CÂNCER DE MAMA: A HISTÓRIA DE UMA FARSA

A verdade sobre a pesquisa que circula na internet e está assustando as mulheres

[Vladimir Maluf, especial para o iG São Paulo, 15/12/2009]

Tudo começou quando o pesquisador americano Sydney Ross Singer e sua mulher, Soma Grismaijer, escreveram um livro chamado "Dressed to kill: the link between breast cancer and bras" ("Vestida para matar: a ligação entre câncer de mama sutiãs"), assegurando que o uso da peça comprime os seios, impedindo a drenagem linfática e provocando o acúmulo de líquidos, o amolecimento do tecido mamário e a formação de cistos nas mamas.

Rapidamente, a afirmação ganhou fôlego na internet, principalmente com a divulgação de uma campanha contra o uso do sutiã, assinada por um médico mexicano chamado Pablo Camacho Ferman. Nela, o especialista fala sobre uma pesquisa chamada “Bra and breast cancer study” ("Sutiã e o estudo do câncer de mama"), que não traz assinatura de qualquer instituição.

No site da Sociedade Americana do Câncer (www.cancer.org), por exemplo, o aviso é claro: não existe nenhum estudo que comprove essa teoria. No site da Sociedade Canadense do Câncer (www.cancer.ca), há uma seção sobre mitos e verdades que ressalta: “Não existe nenhuma evidência científica confiável que mostre a ligação entre o uso do sutiã e o desenvolvimento de câncer de mama”.

O mastologista Joel Rososhansky, especialista em câncer de mama da Unesp, esclarece que são a exposição prolongada ao sol, o tabagismo, o consumo de álcool e a alimentação rica em gorduras e pobre em fibras que contribuem para o desenvolvimento do câncer e não o uso do sutiã.

A psiquiatra Egle Campus, especialista no atendimento e acompanhamento de mulheres com câncer de mama do Instituto Nacional do Câncer (INCA), concorda e alerta: “Toda mulher precisa ficar atenta ao que existe de científico. Informações imprecisas causam um desserviço à sociedade, confundindo e afugentando mulheres que poderiam participar de campanhas de rastreamento precoce de câncer de mama”.

Estudos (sem fundamentos) à parte, é importante lembrar que, a cada ano, cerca de 50 mil novos casos da doença são descobertos por meio das campanhas e mutirões. “A melhor forma de combate ao câncer de mama é a detecção precoce, feita com mamografia e complementada, quando necessário, por um ultrassom das mamas”, conclui a psiquiatra.

De qualquer forma, é importante, sim, tomar certos cuidados ao escolher um sutiã. Ele deve ser, preferencialmente, de tecido natural (algodão ou linho) e não deve conter elásticos, arames de sustentação ou rendas que machuquem o corpo. O conforto é muito importante e a peça não deve ser apertada. Isso evita que as mamas fiquem inchadas no decorrer do dia.

Leia mais sobre:

Médico derruba mito de ligação entre sutiã e câncer de mama
Câncer de mama
Escolha correta do sutiã [1]
Escolha correta do sutiã [2]

Tire suas dúvidas:

Central Clinic
American Cancer Society
Canadian Cancer Society
Instituto Nacional do Câncer (INCA)

Fonte: Delas/Saúde da Mulher [iG]

DOENÇAS OCULARES V [Astigmatismo]

Definição

O Astigmatismo ocorre quando a córnea apresenta uma maior curvatura em uma direção, o que distorce a visão para perto e à distância também. A córnea normalmente é redonda, enquanto no astigmata, pessoa que tem esse problema, é ovalada. Quando há irregularidade na curvatura da córnea ou do cristalino (lente interna do olho) pode gerar o astigmatismo. Sendo assim, os raios de luz não chegam ao mesmo ponto na retina.

Alguns são direcionados em mais de um ponto na retina e outros à frente ou atrás dela. Em virtude da curvatura irregular, a imagem levada ao cérebro torna-se deformada, distorcida ou desfocada.

Dependendo do grau e da atividade da visão, seja para perto ou longe, a imagem fica como se fosse borrada e algumas queixas são freqüentes, tais como dor de cabeça, sensação de ardor nas vistas e hiperemia conjuntival. A intensidade varia conforme a gravidade do problema e o esforço visual.

Causas

Nem todas as córneas possuem uma forma perfeita. Tal como ocorre com os demais erros de refração, o astigmatismo pode estar relacionado a uma herança genética, porém a causa dessa malformação ainda é desconhecida.

Geralmente o astigmatismo aparece ao nascimento e sofre poucas alterações durante o desenvolvimento. Pode ainda surgir depois de um trauma ocular e comprometer a córnea após intervenção cirúrgica intra-ocular ou relacionado com outras doenças oculares, como ceratocone, por exemplo. Coçar os olhos pode favorecer o aumento do astigmatismo, que pode ser estar associado a miopia, hipermetropia e presbiopia (vista cansada), mas nem sempre afeta os dois olhos.

Tratamento

Para corrigir o astigmatismo é possível com o uso de óculos, lentes de contato ou cirurgia refrativa. As lentes de contato devem ser adaptadas para curvaturas específicas e com espessuras diferentes ao longo da superfície ocular para compensar a superfície irregular da córnea. Quanto maior o grau do astigmatismo, maior é a diferença de espessura da lente de contato.

Fonte: Hospital dos olhos Santa Beatriz

Neurologista fala dos avanços no tratamento das doenças

De maneira geral, as doenças que atingem a estrutura do sistema nervoso, como o mal de Parkinson e Alzheimer, não têm cura, mas a medicina vem evoluindo a passos largos no tratamento destas enfermidades. Para falar um pouco desses avanços Leandro Andrade recebe nos estúdios da Jovem Pan Online Mônica Haddad, que é neurologista do Hospital das Clínicas, e também explica sobre o funcionamento destas doenças degenerativas. Acompanhe a conversa no vídeo.

Jovem Pan: Descoberta pode diagnosticar doença até 6 anos antes

Pesquisadores da USP fizeram uma descoberta que revolucionaram os conceitos atuais sobre o mal de Parkinson. Com o resultado dos estudos, será possível diagnosticar a doença até seis anos antes da sua manifestação motora. O Dr. Antônio Augusto Coopi, que é veterinário e participou da pesquisa, fala mais das novidades. Confira os detalhes da descoberta no vídeo.

Jovem Pan: Descoberta pode diagnosticar doença até 6 anos antes

Cientistas descobrem como previnir Alzheimer em ratos

Os cientistas do Instituto Gladstone de Doenças Neurológicas em San Francisco, nos Estados Unidos, descobriram uma nova estratégia para prevenir problemas de memória em ratos com a doença de Alzheimer. Os resultados da pesquisa foram publicados neste domingo (28) na revista Nature.

Os pesquisadores perceberam que seres humanos portadores de Alzheimer têm níveis anormalmente baixos de uma enzima chamada EphB2 nos centros de memória do cérebro. Outra característica é o excesso da proteína amilóide. Altos níveis da proteína prejudicam a neurotransmissão, capacidade dos neurônios de se comunicaram uns com os outros.


Para determinar se os baixos níveis de EphB2 realmente contribuiram para o desenvolvimento de problemas de memória, os cientistas usaram terapia genética para alterar os níveis da enzima nos cérebros dos ratos, genéticamente modificados com a doença. A redução dos níveis EphB2 em camundongos normais e saudaveis atrapalhou a neurotransmissão e deu-lhes problemas de memória semelhantes aos observados nos portadores do Alzheimer.(...) segue

Fonte : R7 Saúde

O que fazer quando o coração dispara

São 310 mil brasileiros que sofrem a chamada morte súbita a cada ano. E a principal causa é a arritmia cardíaca, um mal que acontece de forma repentina e demanda tratamento imediato para se normalizar

Não precisa ser um super fã de futebol para se lembrar do caso de Antonio Puerta, jogador do Sevilla, da Espanha que faleceu aos 22 anos vítima de arritmia cardíaca em campo. Nem tampouco do zagueiro Serginho, do São Caetano que desmaiou no gramado pelo mesmo motivo e não resistiu. Vale lembrar que o perigo não está só no esporte. Entre outras situações, as de estresse são muito comuns aos ataques, vide um número significativo de torcedores (mesmo que em frente à televisão) que sofreram deste mal.

A morte súbita vem atingindo milhares de brasileiros por ano e assustando as pessoas, inclusive as mais saudáveis, pois muitas vezes não apresenta sintomas. Daí a importância de ter os exames em dia para detectar uma eventual anormalidade e para que o paciente possa tomar os devidos cuidados.

As arritmias ocorrem quando a sequência dos batimentos cardíacos apresenta uma anormalidade. Ou seja, eles devem ocorrer de 60 a 100 batimentos por minuto (bpm), mas quando este número ultrapassa 100 bpm, ocorre a taquicardia. Já se eles ficam demasiado devagar, com menos de 60 bpm, ocorre a bradicardia. Outro caso de arritmia é quando as vias elétricas condutoras apresentam alguma anormalidade. A arritmia pode não apresentar sintomas, no entanto, um ataque cardíaco pode ser evitado e revertido se o paciente receber atendimento rápido.

Como surgem os problemas

A taquicardia pode ser de origem congênita (quando a pessoa já nasce com esta irregularidade na sequência dos batimentos cardíacos) ou adquirida, devido a diversos fatores. As causas mais comuns são as doenças cardíacas. Muitos medicamentos podem acarretar o problema, daí a importância de exames frequentes .


Quando confirmada a tendência de um problema cardíaco, deve existir uma atenção especial às bulas e contraindicações. Entre eles, estão os fármacos que contenham estimulantes (utilizado para problemas respiratórios e alergias, como os broncodilatadores, as populares bombinhas para asma). A taquicardia pode ser desencadeada também pela prática de exercícios físicos, tensão emocional, consumo excessivo de álcool ou tabagismo. (...) segue


Fonte : Revista VivaSaúde

HOJE É DIA DO AMIGOGAMP




A partir das 20:30 hs

NOSSO BATE-PAPO AMIGO E FRATERNO

ASSOCIAÇÃO BRASIL PARKINSON


TEMA LIVRE
Samuel, Badu e demais amigos(as)esperam por você

Para participar

CLIQUE AQUI

Especial: Cuidar da Vida - parte 3/5

BOM DIA,FELIZ INICIO DE SEMANA!!!



Ser Feliz é...

Acordar e saber que está atrasado ...

Mas ter certeza de que tem um emprego!
Ver a caixa do correio cheia de contas ...

Mas receber uma carta do amigo!
Ter um monte de recados na secretária ...

Mas no meio deles, um que diz:
"To morrendo de saudades!"
Ver que no almoço a mãe fez salada de beterraba ...

Mas o prato principal está apetitoso e é o seu preferido!
Estar num engarrafamento ...

Mas ligar o rádio e ouvir a sua música predileta tocando lembrando de alguém especial!
Brigar com o cachorro porque ele comeu seu sapato .
Mas ser recebido por ele com uma festa todos os dias quando você chega em casa! É chegar em casa exausto ...

Mas ainda assim ser arrastado pra balada por uma porção de amigos!

Enfim, ser feliz é ter um monte de problemas, mas ser capaz de sorrir com as pequenas coisas do dia-a-dia !!!

domingo, 28 de novembro de 2010

Mente em forma

Leitura, palavras cruzadas, quebra-cabeças — estão aí alguns exemplos de tarefas que deixam o cérebro funcionando a pleno vapor. Mas a ciência recomenda colocar um item importantíssimo nessa lista: as atividades físicas

por THEO RUPRECHT | design THIAGO LYRA | fotos OMAR PAIXÃO

Página 1 de 3

Quem exercita mais os neurônios: um jogador de xadrez ou um corredor que sua a rodo na esteira? Uma resposta baseada no senso comum afirmaria sem titubear que a primeira alternativa seria obviamente a mais correta. Mas diversos estudos provam que, na verdade, os fãs das atividades físicas também impulsionam sua aptidão para assimilar e guardar informações dentro da cabeça.

Uma das pesquisas que dão um xequemate nesse sofisma intelectualoide vem da Suécia, mais especificamente da Universidade de Gotemburgo. Nela, todos os homens — sim, todos os homens — nascidos entre 1950 e 1976 que ingressaram no Exército daquele país tiveram sua capacidade cardiorrespiratória avaliada e passaram por provas para medir seu nível de raciocínio lógico. Pode crer: os que estavam mais em forma obtiveram melhores resultados nos chamados testes cognitivos. “Isso não quer dizer que o indivíduo fisicamente ativo é mais inteligente. Só que ele está mais preparado para armazenar conhecimento”, explica Ricardo Mario Arida, neurofisiologista da Universidade Federal de São Paulo. “O motivo dessa melhora ainda era uma dúvida para nós”, completa. Como o especialista bem disse, era. (...) segue

Fonte : SAÚDE! évital

Pesquisador brasileiro controla diabetes usando células-tronco

Técnica pioneira no mundo liberou a insulina de 21 dos 25 transplantados

Camila Neumam, do R7
Getty Images
Uma pesquisa realizada pela equipe de transplante de células-tronco da USP de Ribeirão Preto mostrou resultados surpreendentes no controle do diabetes.

Dos 25 transplantes realizados no Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto (SP), desde 2003, 21 pacientes deixaram de tomar insulina por algum tempo.

O sucesso do método faz parte dos estudos da equipe multidisciplinar liderada pelo endocrinologista Carlos Eduardo Barra Couri.

- É com muita satisfação que digo que tivemos o primeiro transplante de células-tronco em seres humanos com diabetes tipo 1 no mundo. Antes disso, nunca pensei que alguém com a doença poderia viver sem insulina.

Reset imunológico

O método usado na pesquisa é conhecido como “reset imunológico”, ou seja, o sistema imune do paciente é “desligado” durante cinco sessões de quimioterapia. Ao desativá-lo, a doença auto-imune (quando o próprio organismo ataca órgãos do corpo) também é “desligada”.

No sexto dia, células-tronco extraídas previamente do sangue do paciente (células-tronco hematopoéticas) são transplantadas na corrente sanguínea dele mesmo, tornando o sistema imunológico saudável. Diante dos bons resultados em pacientes com lúpus e artrite reumatoide, a equipe de Couri decidiu testar o método em pessoas com diabetes tipo 1.

O diabetes tipo 1 é uma doença auto-imune caracterizada pela destruição das células produtoras de insulina. Sem a sua produção regular, o organismo não tem como metabolizar o açúcar que entra na corrente sanguínea e a pessoa adoece. As injeções diárias do hormônio são necessárias para o diabético não passar mal ao comer doces ou carboidratos e para manter sua sobrevivência.

Essas dificuldades faziam parte do dia a dia do estudante Renato Luis Fernandes Silveira, de 22 anos, antes do transplante. Ao descobrir repentinamente que estava com a doença, mesmo sem ter casos na família, poucos meses depois recorreu aos médicos de Ribeirão. Em 2005, ele fez o transplante e desde então não toma insulina.

- Minha mãe tinha lido sobre o transplante, não tinha dado muita importância, mas no dia seguinte eu me senti mal e quando fizeram o teste de glicose, viram que estava muito alta. Então ela procurou o HC de Ribeirão.

Renato acredita que seu caso foi um sucesso, mesmo diante de alguns inconvenientes. Ele e seus pais , moradores de Cidade Dutra, na zona sul de São Paulo, precisaram se mudar para Ribeirão Preto por quatro meses, de janeiro a abril de 2005, tempo da preparação, do transplante e do acompanhamento posterior. Além disso, sofreu os efeitos colaterais da quimioterapia.

- Fiquei enjoado, não conseguia comer e vi meu cabelo cair por causa da quimioterapia, mas correu tudo bem. Um dia antes do transplante, já não precisei mais tomar insulina.

Hoje ele pode comer chocolate e massa, mas afirma maneirar na alimentação para não precisar voltar às injeções.

Não é cura

(...) segue

Fonte : R7 Saúde

Especial: Cuidar da Vida - parte 2/5

Série especial de reportagens do Jornal Gazeta

BOM DIA, MAS BOM DIAAAA MESMO!!!


A fim de manter a mente aguçada, você tem de lidar com coisas familiares de maneiras novas.
O mais importante de tudo, porém, é que você precisa ter curiosidade.
Se parar de sentir automaticamente interesse e curiosidade, você estará em apuros, independentemente de ser jovem ou velho.


Art Buchwald

sábado, 27 de novembro de 2010

'Mães, peçam a seus filhos que se entreguem', afirma coronel Lima Castro

O relações públicas da Polícia Militar do Rio de Janeiro, coronel Lima Castro, afirmou na tarde deste sábado (27) que aguarda a rendição dos criminosos para que não haja banho de sangue numa possível invasão ao complexo do Alemão, formado por mais de 15 favelas em uma área de 1 milhão de metros quadrados.

- Mães, peçam a seus filhos que se rendam, pois nós vamos entrar. Não queremos banho de sangue.


O coronel fez apelo se baseando no caso do traficante Mister M, que se entregou à polícia a pedido de sua mãe. Quando questionado sobre a invasão ao Alemão ainda neste sábado, Lima Castro ressaltou que a decisão de subir ou não depende de de ordens superiores, mas ressalta que os efetivos das Forças Armadas e das polícias do Rio de Janeiro têm superioridade em número de pessoas, inclusive com equipamentos adequados para efetuar incursões noturnas.(...) segue

Fonte : R7 - Violência no R.de Janeiro

Chefe da Polícia Civil: “O apoio do cidadão é o diferencial para vencermos essa guerra”

Allan Turnowski explicou que, há um ano, a polícia realiza esse trabalho de investigação para combater a lavagem de dinheiro do tráfico que envolve parentes de traficantes.

DOENÇAS OFTALMOLÓGICAS IV [Glaucoma]

Glaucoma
Glaucoma é uma doença ocular causada principalmente pela elevação da pressão intraocular que provoca lesões no nervo ótico e, como consequência, comprometimento visual. Se não for tratado adequadamente, pode levar à cegueira.

Há vários tipos de glaucoma. O glaucoma crônico simples ou glaucoma de ângulo aberto, que representa mais ou menos 80% dos casos, incide nas pessoas acima de 40 anos e pode ser assintomático. Ele é causado por uma alteração anatômica na região do ângulo da câmara anterior, que impede a saída do humor aquoso e aumenta a pressão intraocular.

A principal característica do glaucoma de ângulo fechado é o aumento súbito de pressão intraocular. O glaucoma congênito (forma mais rara) acomete os recém-nascidos e o glaucoma secundário que é decorrente de enfermidades como diabetes, uveítes, cataratas, etc.

Sintomas

Glaucoma é uma doença assintomática no início. A perda visual só ocorre em fases mais avançadas e compromete primeiro a visão periférica. Depois, o campo visual vai estreitando progressivamente até transformar-se em visão tubular. Sem tratamento, o paciente fica cego.

De modo geral, a doença aparece com mais freqüência a partir dos 40 anos, mas pode ocorrer em qualquer faixa de idade, dependendo da causa que provocou a pressão intra-ocular mais elevada.

Diagnóstico

De modo geral, dois sinais merecem a atenção: pressão intra-ocular acima da média e alterações no nervo ótico, perceptíveis no exame de fundo de olho. Outros fatores podem ajudar a confirmar o diagnóstico.

São pacientes de risco os negros que têm maior propensão a desenvolver pressão alta, pessoas com mais de 35 anos e os portadores de diabetes. O histórico familiar também é importante para o diagnóstico, pois cerca de 6% das pessoas com glaucoma já tiveram outro caso na família.

Tratamento

Inicialmente, o tratamento é clínico e à base de colírios. Existem drogas por via oral que só são usadas em casos emergenciais.

Alguns tipos de glaucoma estão associados a distúrbios que requerem tratamento específico. Cessada a causa, a pressão intra-ocular regride e o problema visual desaparece. Portanto, a medicação oftalmológica é usada por prazo curto enquanto se trata a outra doença que provocou o glaucoma, por exemplo, diabetes.

O glaucoma crônico - tipo mais comum da doença - exige o uso constante de colírios pela vida inteira, porque não tem cura. Como pode ser controlado por meio de medicação, cirurgia ou raio laser, o paciente precisa ser mantido sob controle ininterruptamente.

Tratamento inadequado ou falta de tratamento podem levar à cegueira.

Recomendações

1. Consulte com regularidade o oftalmologista, principalmente a partir dos 35 anos. O diagnóstico precoce do glaucoma é fundamental para o controle da doença;

2. Não se descuide da adesão ao tratamento. Muitas pessoas deixam de seguir as recomendações do médico, primeiro pela ausência de sintomas, depois, porque os medicamentos são muito caros. Esse descuido pode ter graves conseqüências.

Fonte: DRAUZIO VARELLA.com.br

Balas traçantes marcam mais um tiroteio no Alemão

Um forte tiroteio, com balas traçantes, recomeçou por volta das 20h40 deste sábado (27) no Conjunto de Favelas do Alemão, na Penha, Zona Norte do Rio. O clima é tenso na região. No entorno, a movimentação de carros da polícia e do Exército é grande.

Força, Rio! - Parte 1

A reação dos cariocas: a população dá apoio às ações do governo, que enfrentou com força e inteligência os ataques do tráfico. O crime organizado não se conforma com o sucesso das Unidades de Polícia Pacificadora

Francisco Alves Filho e Wilson Aquino

chamada.jpg
TERÇA-FEIRA,
23 de novembro Carro incendiado em avenida no centro da cidade.
Bombeiros combatem o fogo

O estado responde ao crime

img14.jpg
QUINTA-FEIRA,
25 de novembro Blindados da Marinha se unem
à PM para garantir a retomada da Vila Cruzeiro

Com um tiro certeiro de cidadania e autoridade, o governo do Rio de Janeiro conseguiu finalmente alvejar um inimigo que há décadas aterroriza a população do Estado.

O tiro tem nome e sigla: Unidades de Polícia Pacificadora, as UPPs, projeto de policiamento comunitário que já resgatou nos últimos dois anos mais de 300 mil favelados do mundo de terror instaurado historicamente pelos traficantes de drogas.

O inimigo que foi gravemente ferido é o crime organizado. Ao instalar as UPPs em favelas, o governador Sérgio Cabral rompeu com a ordem até então vigente nas comunidades carentes: a violência dos bandidos é que determinava o que podia ou não ser feito.

As armas eram a lei e o crime organizado detinha o controle territorial. Isso acabou nas 12 comunidades pacificadas até agora, atingindo diretamente a receita do narcotráfico. Na semana passada, a reação veio forte e orquestrada. Do domingo 21 até a quinta-feira 25, o Rio viveu dias de pânico.

Através de arrastões e atentados que atingiram sobretudo o patrimônio privado e público, com carros particulares e ônibus urbanos queimados (cerca de 100), cabines da Polícia Militar metralhadas (três PMs feridos até a tarde da sexta-feira 26) e falsas ameaças de bombas, os criminosos impuseram um onda de terror sobre toda a população, no momento em que a Cidade Maravilhosa se prepara para eventos como a Copa do Mundo de 2014 e a Olimpíada de 2016.

(...) segue

Fonte : Revista IstoÉ - Independente

Especial: Cuidar da Vida - parte 1/5

Reportagem de Sabrina Pires

O jornal da gazeta apresenta a série "cuidar da vida".
Uma nova forma de tratar pacientes com doenças incuráveis começa a ganhar espaço no Brasil. São os cuidados paliativos, que têm como principal objetivo amenizar sintomas como dores e mal estar. A ideia é dar qualidade de vida.


Mal de Parkinson

Saúde. Pesquisa da Universidade de São Paulo revela que os primeiros sinais do mal de Parkinson podem aparecer fora do sistema nervoso, como leves alterações cardíacas e problemas de digestão, por exemplo. A descoberta pode adiantar o início do tratamento e retardar a evolução da doença.

Repórter: Sabrina Pires

Recadinho da *TT

Boas e más notícias sobre remédio para problemas cardíacos

Ao contrário do que se acreditava, a nesiritide não causa efeito colateral, mas também não contribui para a saúde do coração

redação época, com new york times

O maior estudo jamais realizado sobre insuficiência cardíaca descobriu que uma droga promissora não é perigosa, como se temia.

O mesmo estudo também indica que a droga, nesiritide, não parece ser especialmente eficaz.

Especialistas médicos afirmam que os resultados, apresentados este mês na reunião da Associação Americana do Coração, mostra que há uma lição a ser aprendida sobre a eficácia de pequenos estudos no geral.

A nesiritide, cujo nome comercial é Natrecor, foi aprovada após estudos menores em pacientes cuidadosamente selecionados. Ela aparentemente aliviava um sintoma terrível associado à insuficiência cardíaca: os pulmões dos pacientes cheios de fluidos e a sensação de afogamento. Mas o grande estudo, com pacientes reais, não encontrou nenhum efeito significativo sobre esse sintoma.

Alguns anos depois de sua aprovação, a nesiritide caiu em desuso porque pequenos estudos pareciam indicar um risco maior de problemas renais e um índice de mortalidade mais alto. Mas este estudo maior, comentado agora, mostrou que tais riscos também eram equivocados.

"Mais uma vez, pequenos estudos estão nos dando respostas erradas", disse o Dr. Robert M. Califf, cardiologista da Duke que dirigiu o estudo mais amplo. "Não havia nenhuma questão de segurança. Para mim, a mensagem realmente importante é que a droga passou a ser amplamente usada por razões incorretas, e depois foi desprezada por motivos incorretos. A não ser que realizemos esses amplos testes clínicos, estamos presos a uma comédia de erros".(...) segue

Fonte : Revista Época - Saúde & bem estar

Miguel Nicolelis, o gênio da ciência

O neurocientista brasileiro é uma das mentes brilhantes da ciência escolhidas pela Revista Galileu. Entrevistamos o gênio sobre seu projeto de educação no Rio Grande do Norte

por Denise Dalla Colletta


Miguel Nicolelis, o gênio da ciência

YouTube fará primeira transmissão ao vivo no Brasil

  • Por Murilo Roncolato

O YouTube fará a transmissão ao vivo na próxima terça-feira, 30, de uma série de shows pela primeira vez na América Latina e escolheu o Brasil para sediar o evento.

O site do Google já havia feito livestreaming de outros shows de bandas como Bon Jovi, U2 e Arcade Fire. Desta vez, em uma parceria com a Skol e a Sony Music, a música será sertaneja e os artistas listados são Michel Teló, Bruno e Marrone, Victor e Leo, João Bosco e Vinícius, Luan Santana.

Segundo o Google, o YouTube Live suportará até 1 milhão de usuários acessando o serviço ao mesmo tempo. Alexandre Hohagen, diretor geral do Google na América Latina, disse em comunicado divulgado à impresa que o Brasil foi o escolhido na região por se tratar de um dos “maiores mercados no mundo” para o site de vídeos.(...) SEGUE

Fonte : Estadão.com.br - TV sem TV

BOM DIAAAA DE MUITAS ALEGRIAS!!!



O Que Deus diz para você

Para cada pensamento negativo nosso, Deus tem uma resposta positiva:

Você diz:
"ISSO É IMPOSSÍVEL!!"
Deus diz:
"Tudo é possível!!" (Lucas 18:27)

Você diz:
"EU JÁ ESTOU CANSADO!!"
Deus diz:
"Eu te darei o repouso!!" (Mateus 11:28-30)

Você diz:
"NINGUÉM ME AMA DE VERDADE!!"
Deus diz:
"Eu te amo!!" (João 3:16 & João 13:34)

Você diz:
"NÃO TENHO CONDIÇÕES!!"
Deus diz:
"Minha graça é suficiente!!" (II Coríntios 12:9)

Você diz:
"NÃO VEJO SAÍDA!!"
Deus diz:
"Eu guiarei teus passos!!" (Provérbios 3:5-6)

Você diz:
"EU NÃO POSSO FAZER!!"
Deus diz:
"Você pode fazer tudo!!" (Filipenses 4:13)

Você diz:
"ESTOU ANGUSTIADO!!"
Deus diz:
"Eu te livrarei da angústia" (Salmos 90:15)

Você diz:
"NÃO VALE A PENA!!"
Deus diz:
"Tudo vale a pena!!" (Romanos 8:28)

Você diz:
"EU NÃO MEREÇO PERDÃO!!"
Deus diz:
"Eu te perdôo!!" (I João 1:9 & Romanos 8:1)

Você diz:
"NÃO VOU CONSEGUIR!!"
Deus diz:
"Eu suprirei todas as suas necessidades!!" (Filipenses 4:19)

Você diz:
"ESTOU COM MEDO!!"
Deus diz:
"Eu não te dei um espírito de medo!!" (II Timóteo 1:7)

Você diz:
"ESTOU SEMPRE FRUSTRADO E PREOCUPADO!!"
Deus diz:
"Confiai-me todas as suas preocupações!!" (I Pedro 5:7)

Você diz:
"EU NÃO TENHO TALENTO SUFICIENTE!!"
Deus diz:
"Eu te dou sabedoria!!" (I Coríntios 1:30)

Você diz:
"NÃO TENHO FÉ!!"
Deus diz:
"Eu dei a cada um uma medida de fé!!" (Romanos 12:3)

Você diz:
"EU ME SINTO SÓ E DESAMPARADO!!"
Deus diz:
"Eu nunca te deixarei nem desampararei!!" (Hebreus 13:5


DOENÇAS OFTALMOLÓGICAS III - [Glaucoma]

Dr. Alberto Betinjane é médico oftalmologista, chefe do setor de glaucoma congênito do Hospital das Clínicas da Universidade de São Paulo.

26 de maio é dia de combate ao glaucoma. Saiba mais a respeito nesta entrevista.

A córnea é uma membrana fina e transparente que recobre a frente do globo ocular, através da qual se pode ver a íris e a pupila que se dilata no escuro e se fecha sob a ação da luz, como o diafragma de uma câmara fotográfica. Quando os raios luminosos provenientes do objeto alcançam a pupila, encontram uma lente, o cristalino, que os projeta contra a retina.

A área entre a córnea e a íris chama-se câmara anterior do olho, e a área entre a íris e o cristalino, câmara posterior do olho. A câmara anterior contém um líquido, o humor aquoso, produzido na região do corpo ciliar que abrange íris, pupila, cristalino e músculos. Depois de preencher a câmara anterior, o humor aquoso escoa especialmente por um pequeno canal ou pelas veias ciliares. A circulação do humor aquoso, que vai sendo produzido e eliminado, é importante para manter a pressão ideal dentro da câmara anterior. Se por algum motivo ocorrer uma obstrução e o líquido ficar represado, a pressão intra-ocular aumenta e pode prejudicar a visão, como acontece nos casos de glaucoma.

Saiba mais...

• O que é glaucoma

• Sintomas

• Herança familiar

• Evolução do quadro

• Glaucoma na infância

• Diagnóstico e tratamento

• Adesão ao tratamento

• Controle periódico

• Prognóstico

Fonte: DRAUZIO VARELLA.com.br

sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Dicas para vestir: Parkinson

por Ana Leite 0

Hoje estamos publicando o primeiro post com dicas favorecer o vestir de pessoas com doença de Parkinson. Aproveitem e complemetem com suas experiências e conhecimento sobre o assunto. =)

O uso de roupas que você gosta e se sente bem pode fazer maravilhas para melhoria auto-confiança. Enquanto as pessoas com doença de Parkinson (DP) podem ter problemas com a roupa, os profissionais, como terapeutas ocupacionais, podem aconselhar sobre diversas técnicas de limpeza, equipamentos, tecnologias assistivas e uma gama cada vez maior de tecidos e estilos, que ajudam a fazer do vestir algo muito mais fácil.

Vestir e despir

Diversas técnicas podem permitir manter a independência no vestir e despir, e pode também permitir continuar usando o guarda-roupa existente.

A dica é tentar encontrar a maneira mais fácil de vestir e despir. Isso pode envolver tentar posições diferentes (por exemplo, sentar-se), com diferentes tecidos (tecidos elásticos podem ser mais fáceis de puxar e tirar) ou usando itens diferentes na sala para ajudar (por exemplo, usando a parede, a cama ou uma cadeira próxima da cama). (...) segue

Fonte : Reabilitação.Cognitiva.org

Hospitais convocam doadores de sangue para manter estoques no verão

Dia Nacional do Doador de Sangue visa suprir pouca adesão de fim de ano

Do R7

Getty Images

Estar com boa saúde, vir alimentado, ter entre 18 e 65 anos, pesar mais de 50 kg e trazer documento de identidade original com foto são os requisitos

Nesta quinta-feira (25) é comemorado o Dia Nacional do Doador de Sangue. A data foi instituída no Brasil em 1964, pelo presidente Castello Branco. Desde então, anualmente, hospitais e bancos de sangue do país aproveitam a ocasião para convocar a população a doar sangue. O ato se torna ainda mais importante no fim do ano, quando as doações caem consideravelmente graças às férias e às festas de fim de ano.

Para doar sangue, basta estar em boas condições de saúde, vir alimentado, ter entre 18 e 65 anos, pesar mais de 50 kg e trazer documento de identidade original com foto. Vale lembrar que é bom evitar alimentos gordurosos nas 4 horas que antecedem a doação e, em caso de bebidas alcoólicas, 12 horas antes.

No Rio de Janeiro, o Inca (Instituto Nacional de Câncer) precisa de doações de sangue para abastecer o estoque que atende pacientes de suas cinco unidades hospitalares. Como os pacientes realizam cirurgias, tratamento quimioterápico e radioterápico, além de transplantes de medula óssea regularmente, são necessárias transfusões de sangue frequentes. Para atender essa demanda, é preciso manter estoque suficiente de sangue. Neste momento, há necessidade especial de plaquetas, indispensáveis à coagulação sanguínea.

Em São Paulo, a unidade do Hospital das Clínicas de São Paulo oferece um lanche especial e abrirá espaço para apresentações musicais até sábado (27), para atrair voluntários. Nesta quinta (25), se apresentam Arnaldinho do Cavaco e sua banda Família Contemporânea, às 15h. Na sexta (26), a apresentação é do Coral da Guarda Civil Metropolitana, às 11h e do cantor Gregory Rodrigues, às 15h. Já no dia 27, a festa é promovida pelo Coral Jovem do Brooklin, às 10h, pelos Mágicos Solidários (ao longo do dia) e os covers do Elvis Presley, às 15h e Dr. House (ao longo do dia).

O Hemocentro de Campinas (SP) promove apresentações musicais no saguão de entrada na quinta (25). Em Marília, a data vai ser festejada com um café da manhã oferecido pelos sete Rotary Clubes da região e apresentações musicais com violão e de poesias.

Banco de Sangue do INCA
Praça Cruz Vermelha, 23, 2º andar, Rio de Janeiro

Tel.: (21) 2506-6021 e (21) 2506-6580. Deve-se marcar horário para doação de plaquetas. www.inca.gov.br

Fundação Pró-Sangue
Av.: Dr. Enéas Carvalho de Aguiar, 155 - 1º andar
Tel.: 0800-55-0300
Endereço de outras clínicas: www.prosangue.sp.gov.br


Hemocentro de Campinas

R.: Carlos Chagas, 480 - Cidade Universitária

Hemocentro de Marília

R.: Lourival Freire, 240 – Fragata

Postos de coleta no Estado de São Paulo:
www.saude.sp.gov.br

Confira também




Fonte : R7 Notícias Saúde

BOM DIAAAAA, MAS BOM DIA MESMO!!!



Melindres

Não permita que susceptibilidades
lhe conturbem o coração. Dê aos outros
a liberdade de pensar, tanto quanto
você é livre para pensar como deseja.

Cada pessoa vê os problemas da vida
em ângulo diferente.

Muitas vezes, uma opinião diversa
da sua pode ser de grande auxílio em sua
experiência ou negócio, se você se dispuser
a estudá-la.

Melindres arrasam

as melhores plantações de amizade.

Quem reclama agrava as dificuldades.

Não cultive ressentimentos.
Melindrar-se é um modo de perder
as melhores situações.

Não se aborreça, coopere.
Quem vive de se ferir
acaba na condição de espinheiro.

Francisco Cândido Xavier

VI Congresso das Asociações de Parkisnon do Brasil

Atenção:
Próxiam quarta feira convido a todos os presidentes da s Associações de Pk do Brasil a estarem no chat, para passr inforamções obreo congresso q se realizará em Florianópolis dis 4,5 e 6 de maiod o próximo ano..
Divulguem por,favore anotem suas duvidas...
até lá..
estarei provalvelmente emCutiriba....
Abraço,Célia

quinta-feira, 25 de novembro de 2010

UMA ESPERANÇA A MAIS...

Erva-mate pode prevenir Parkinson, diz estudo
[05 de abril de 2007/Fabrício Escandiuzzi]

A pesquisa foi coordenada pela doutora Luciane Costa Campos, do PPGCA (Programa de Pós-graduação em Ciências Ambientais) e os primeiros testes foram realizados em camundongos. Chamado "O efeito da administração aguda do extrato de Ilex paraguariensis St. Hilaire (Aqüifoliacea) em modelos animais da doença de Parkinson", o trabalho já foi aceito numa das mais importantes publicações científicas na área de fitoterapia, a revista inglesa Phytotherapy Research.

"É um estudo ainda premilinar, mas comprova que a erva-mate pode ser utilizada na prevenção e como coadjuvante no tratamento do Parkinson", afirma Luciane, explicando que para os testes em animais sua equipe extraiu o extrato da erva. "Usamos a folha e retiramos os princípios ativos do mate".

[...] O resultado foi animador, pois as cobaias reagiram e apresentaram atividade antiparkinsoniana e antioxidante, com características diferentes em relação aos medicamentos convencionalmente usados no tratamento da doença.

[...] Mas a pesquisadora alerta que apesar de comprovados os efeitos da erva nos camundongos, alguns testes e novos estudos devem ser realizados. "É algo preliminar no qual iremos nos aprofundar", acrescenta Luciane.

[Leia matéria completa...]

Fonte: Notícias Terra


A erva-mate contra o mal de Parkinson
[quinta-feira, 25 de novembro de 2010]

Esse efeito acaba de ser constatado por cientistas da Universidade do Extremo Sul de Santa Catarina. Depois de testar o extrato da planta em ratos induzidos à doença, eles observaram que algumas de suas substâncias mostraram-se capazes de protegê-los. Em outra investigação os animais receberam o fi toterápico com a medicação tradicional e os resultados foram ainda mais signifi cativos. Parte das cobaias chegou a recuperar completamente os movimentos. O estudo ainda é preliminar, mas já provou que a erva-mate pode ser utilizada na prevenção desse mal degenerativo e também como coadjuvante no tratamento, conta a farmacêutica Luciane Costa Campos, chefe da pesquisa.

FICHA DA PLANTA

Nome científico: Ilex paraguariensis St. Hilaire
Nomes populares: erva-mate, mate, erva-chimarrão, chá-do-brasil
Formas de consumo: na região Sul a bebida, bem concentrada, leva o nome de chimarrão; no Sudeste serve-se o chá quente e gelado; no Centro-Oeste seu nome é tereré, versão tropical do chimarrão, com gelo e limão
Origem: América do Sul
Características: seu caule, de cor acinzentada, tem em média 30 centímetros de diâmetro. O porte é variável e, dependendo da idade, pode atingir 12 metros de altura. Quando podada não passa dos 7 metros
Parte usada: folhas

Fonte: Bioquimica na Real

DOENÇAS OFTALMOLÓGICAS II [Catarata]

Catarata

A catarata é uma lesão ocular que atinge e torna opaco o cristalino (lente situada atrás da íris cuja transparência permite que os raios de luz o atravessem e alcancem a retina para formar a imagem), o que compromete a visão.

Sintomas

Como os raios luminosos não conseguem atingir plenamente a retina onde se situam os receptores fotossensíveis, o portador de catarata tem dificuldade para enxergar com nitidez.

No início da lesão, a pessoa vê como se estivesse com a lente dos óculos embaçada ou com uma névoa diante dos olhos. Com a evolução do quadro, porém, passa a enxergar apenas vultos.

Causas

A catarata pode ser congênita (casos raros) ou adquirida.

A principal causa da doença é o envelhecimento. Embora o problema apareça geralmente em indivíduos com mais de 50 anos, há casos de crianças que já nascem com a doença (geralmente filhos de mães que tiveram rubéola ou toxoplasmose no primeiro trimestre de gestação).

Outras causas de catarata são diabetes, uso sistemático e sem indicação médica de colírios, especialmente dos que contêm corticóides, inflamações intra-oculares e traumas como socos ou batidas fortes na região dos olhos.

Diagnóstico

O diagnóstico de catarata é feito pelo oftalmologista. Valendo-se de um exame minucioso, ele verificará se o cristalino possui alguma lesão (aparência de véu esbranquiçado nos olhos.

Tratamento

O único tratamento para catarata é o cirúrgico. O objetivo da cirurgia - simples, rápida e feita sob anestesia local - é substituir o cristalino danificado por uma lente artificial que recuperará a função perdida.

O cristalino pode ser retirado inteiro ou por facoemulsificação (um aparelho tritura e aspira o cristalino), que tem a vantagem de exigir corte menor e menos suturas. A cirurgia da catarata exige cuidados pós-operatórios como qualquer outra intervenção cirúrgica.

Recomendações

1. Não use colírios, especialmente os que contêm corticóides, sem recomendação médica e respeite o prazo determinado pelo médico para aplicação do medicamento;

2. Procure um oftalmologista imediatamente se notar qualquer inflamação ou sofrer algum trauma na região dos olhos;

3. Consulte também o oftalmologista sempre que notar alguma alteração visual. A evolução da catarata é lenta, pode ocorrer primeiro em um dos olhos e a pessoa vai se acostumando com a perda progressiva da visão;

Não tenha medo da cirurgia. Os resultados são animadores e a recuperação, muito rápida.

Fonte: DRAUZIO VARELLA.com.br

TARDE DE DANÇA SENIOR NA ABP - DIA 07/12/2010

ASSOCIAÇÃO BRASIL PARKINSON

25 ANOS DE PRESTAÇÃO DE SERVIÇOS

À COMUNIDADE PARKINSONIANA

10/12/1985 – 10/12/2010

Av. Bosque da Saúde, 1155-Saúde-Tel.: 2578-8177


Em comemoração às bodas da Associação Brasil Parkinson, o Serviço de Psicologia da ABP, realizará no próximo dia 7/12/10, 3ª.feira, às 14h, na sua Sede, uma tarde de Dança Sênior.


Para isso, convidou o grupo “Ativa Idade”, do Belém, dirigido pela Psicóloga da ABP, Dejanira Meneghelli, que fará parceria com o “Grupo de Dança Sênior da ABP”. A Fisioterapeuta Erica Tardelli, Aprimoranda da Fisioterapia da ABP, e integrante da equipe de Dirigentes de Dança Sênior da ABP, ministrará a palestra A Importância da Dança Sênior no Dia-a-Dia do Paciente com Parkinson”.


Venha conferir os benefícios que a Dança Sênior tem promovido aos parkinsonianos e seus Cuidadores e participe conosco em uma das homenagens à importante data. Contamos com a sua presença.


Vamos dançar juntos!


Psicóloga Clara Nakagawa – Dirigente Habilitada

Psicóloga Dejanira Meneghelli – Dirigente

Fisioterapeuta Erica Tardelli – Dirigente